Portal do Governo Brasileiro

Plano de Ação

O Plano de Ação da Política de Comunicação do IFRS está em fase final de ajustes para sua primeira etapa, a ser desenvolvida no período de 2017/2019.
 
Conheça um pouco desta história:
– A Política de Comunicação do IFRS foi aprovada pelo Conselho Superior (Consup) da Instituição em 18 de agosto de 2015, após quase dois anos de  intenso trabalho coletivo do Grupo de Trabalho designado para este fim, com o apoio dos demais comunicadores e sob consultoria do professor Wilson Bueno.
– Em seguida, o grupo de trabalho (GT) responsável pela construção do documento deu início ao planejamento do primeiro workshop da Política de Comunicação.
– Nos dias 19 e 20 de julho de 2016, 26 servidores do IFRS que atuam nos setores de comunicação ou ligados à área, nos 17 campi e Reitoria, participaram do 1º Workshop da Política de Comunicação IFRS, realizado no Campus Bento Gonçalves.
– Neste evento, o  professor Wilson da Costa Bueno, consultor da Política, falou sobre o papel do comunicador organizacional, como a Política de Comunicação pode colaborar para o dia a dia dos comunicadores do Instituto e abordou as etapas para a construção de um plano de comunicação.
– Ainda no workshop, outra etapa do trabalho consistiu em uma atividade em que os participantes foram divididos em grupos, em que todos tiveram que refletir e propor ações, com base nas diretrizes da Política, para o aprimoramento da comunicação no IFRS.
– As sugestões foram organizadas em um Plano de Ação para implementação da Política de Comunicação institucional. Ao final do 1º Workshop, cada grupo indicou um representante que ficou responsável por participar de encontro posterior para consolidação do Plano de Ação da Política.
– No dia 5 de setembro de 2016, os integrantes indicados de cada grupo se reuniram no Campus Porto Alegre do IFRS para organizar o plano de ação, e neste encontro foi aplicada a matriz GUT (Gravidade-Urgência-Tendência) para priorização dos temas a serem trabalhados no Plano de Ação.
– Entre os temas elencados como prioridades a partir do resultado da matriz GUT, os quatro primeiros a serem trabalhados são: Mídias sociais e canais de comunicação associados ao IFRS; Comunicação em situações de crise; Campanhas de Ingresso do IFRS; e Preservação da memória.
– No dia 5 de maio de 2017, novo grupo de comunicadores reuniu-se no Campus Porto Alegre para consolidar o Plano de Ação para estes quatro primeiros temas da Política a serem trabalhados.