Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo

Publicado em 19/02/2016

Compartilhar:  Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Facebook

Combate ao mosquito Aedes aegypti é tema de ações no IFRS

Está ocorrendo nesta sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016, em todo país, mais um Dia de Mobilização para combater o mosquito Aedes aegypti. Foram escolhidos, pelo governo federal, 353 municípios prioritários para estas ações. Destes, cinco possuem unidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), as quais participam de ações de conscientização: Bento Gonçalves (Reitoria), Canoas (Campus Canoas), Caxias do Sul (Campus Caxias do Sul), Porto Alegre (Campus Restinga) e Rio Grande (Campus Rio Grande). Em cada uma, foram realizadas atividades de conscientização com servidores, alunos e terceirizados. Dentre as ações, foi lançado o site da Campanha Mundo Melhor.

Informações sobre mosquito marcam segunda fase da campanha #MundoMelhorIFRS

A campanha Mundo Melhor IFRS entra em sua segunda fase com o objetivo de conscientizar sobre a importância de combate ao mosquito Aedes aegypti. Para reunir informações, dicas, curiosidades e outros materiais, está sendo lançado o site:http://comunica.ifrs.edu.br/mundomelhor. Neste espaço, serão compartilhadas atividades e boas práticas desenvolvidas pela comunidade acadêmica do IFRS no combate ao mosquito responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya.

Sobre a campanha

Lançada em março de 2015, a campanha Mundo Melhor IFRS vem buscando estimular a reflexão de servidores e estudantes para a sustentabilidade e disseminar informações que sirvam de estímulo para o consumo consciente de recursos como água, energia elétrica, entre outros.

Desenvolvida pela Diretoria de Comunicação, a iniciativa apostou em peças como cartazes, vídeos em que os atores são os próprios servidores, postagens nas redes sociais e envio de e-mails para engajar os públicos em um comportamento sustentável. Os materiais da primeira fase da campanha podem ser vistos pelos campi e na Reitoria do Instituto, próximos a impressoras, interruptores de energia e torneiras.

Envie sugestões para o e-mail comunicacao@ifrs.edu.br.

Fim do conteúdo