Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo

Publicado em 15/05/2017

Compartilhar:  Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Facebook

Campus Farroupilha instala totem para recarga de celular com energia solar

Sabe aqueles momentos em que sua bateria do celular está em 2% e você precisa do mobile urgentemente? Ou a carga está no fim e não é uma boa ideia ficar sem o dispositivo ligado? Alunos, servidores e visitantes do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) – Campus Farroupilha terão menos dor de cabeça com essas situações.

Foi instalado na instituição, no dia 8 de maio de 2017, um totem abastecido por energia solar. O posto tem seis entradas USB, pelos quais o usuário pode plugar seu dispositivo móvel e recarregá-lo. A iniciativa é do Grupo de Pesquisas Aplicadas em Energias Renováveis do Campus, capitaneado pelos professores Fernando Hoefling do Santos e Ivan Jorge Gabe.

O posto é abastecido por uma placa solar fotovoltaica ligada a um regulador de carga, que carrega as baterias e alimenta as saídas USB. De acordo com o professor Fernando, o projeto foi concebido e construído durante o estágio curricular da aluna Ana Souza, do curso Técnico em Metalurgia, sob orientação do professor João Carlos Brancher Bertoncello. “A aluna realizou o projeto mecânico, soldou as peças e pintou a estrutura metálica. As madeiras foram doadas pela empresa Bigfer, reuso de paletes sucateados. Foi de extrema importância para a confecção do acabamento estético” ressalta Fernando, que, junto com o professor Ivan, realizou a instalação elétrica.

Sobra de materiais

Todo o trabalho foi feito com reaproveitamento de sobra de materiais utilizados em outros projetos de pesquisa, e o restante doado por empresas da região, como a placa solar que foi cedida pela empresa Silvestrin Frutas.

Já está em fase de planejamento, a colocação de murais interativos no totem, com informações diversas sobre a instituição e também alimentados pelo sistema fotovoltaico. Esse projeto, que será desenvolvido com tablets, faz parte do TCC do discente Aurélio Grisson, do curso de Engenharia de Controle e Automação.

“A principal intenção do projeto é chamar a atenção para a tecnologia fotovoltaica e realizar uma intervenção positiva no espaço de passeio público do campus” conclui o professor Ivan.

Fim do conteúdo